Componentes da Interface

Formulários
Facilidade de Interação

Os utilizadores devem conseguir preencher um formulário de forma rápida e simples.

Há dois fatores principais que influenciam a facilidade de se completar ou não o preenchimento de um formulário:

  • Perceção de complexidade - quanto mais complexo um formulário parece, menores serão as probabilidades de um utilizador completar o preenchimento de um formulário.
  • Esforço de interação - o nível de esforço na interação com o formulário tem um grande impacto no seu preenchimento. Se o utilizador, por exemplo, tem dificuldade em conseguir introduzir a informação, entender a pergunta ou em entender mensagens de erro, maior será a taxa de abandono de preenchimento do formulário.
Número de campos

Sempre que possível deveremos reduzir o número de campos a preencher para o mínimo possível. Não deveremos pedir ao utilizador maior esforço do que o estritamente necessário.

Por vezes há alguma informação que só vamos precisar quando o utilizador quiser efetuar uma tarefa específica. Pelo que poderá só fazer sentido pedir essa informação apenas quando o utilizador inicia essa tarefa.

Apresentar teclado apropriado

O preenchimento de um campo num dispositivo móvel é uma tarefa complexa. Sempre que possível, deve ser apresentado ao utilizador um teclado adequado ao conteúdo a preencher:

 
Exemplo de apresentação do teclado apropriado iOS
Exemplo de apresentação do teclado apropriado iOS
 
Exemplo de apresentação do teclado apropriado Android
Exemplo de apresentação do teclado apropriado Android
 
Serviços de localização

No preenchimento da morada do utilizador, uma boa prática deve ser, permitir que o utilizador pré-selecione a sua localização com base na sua georreferenciação, o que permitirá o preenchimento automático desse campo. Usando, por exemplo, a API do Google Places, é possível apresentar uma solução híbrida que ajuda a resolver questões de georreferenciação imprecisas.

 
Exemplo do uso de serviço de localização para facilitar preenchimento da morada
 
Autenticação biométrica

Um dos maiores problemas do utilizador é tentar lembrar-se da sua palavra passe. Hoje em dia, já é possível realizar a autenticação usando a impressão digital ou reconhecimento facial.

 
Autenticação biométrica
 

Esta opção deverá apenas ser usada com autorização do utilizador, uma vez que o utilizador poderá não querer utilizar este sistema de autenticação.

Câmara fotográfica

Hoje em dia já é possível utilizar a câmara fotográfica do dispositivo móvel de forma a digitalizar os dados do utilizador e assim preencher os dados automaticamente.

 
Exemplo do uso da câmara fotográfica
 

Sempre que possível, esta opção deve ser explorada para ajudar a reduzir o tempo e o esforço necessário por parte do utilizador para preencher um formulário. Esta solução, embora muito prática, ainda pode apresentar alguma taxa de erro pelo que o utilizador deverá sempre ter a opção de conseguir editar os campos, para que possa corrigir alguma informação que esteja errada.

Voz

Com o desenvolvimento de reconhecimento de voz em dispositivos móveis, cada vez mais é comum haver a possibilidade de completar tarefas utilizando comandos de voz. Esta opção poderá ser uma grande ajuda para um cidadão que tenha dificuldades de visão ou mesmo de literacia digital reduzida.

 
Exemplo de uso de voz em sistema Android
Exemplo de uso de voz em sistema iOS
 

É preciso ter atenção que esta opção não irá funcionar em todos os casos, porque o reconhecimento de voz ainda é limitado, principalmente em línguas menos comuns, como é o caso do Português de Portugal.